Oferta!

Controle biológico da mosca-dos-chifres

Esta edição do Boletim Técnico traz a experiência da EPAMIG na utilização do besouro africano, Digitonthophagus gazella, introduzido há 19 anos no rebanho Gir da Fazenda Experimental Getúlio Vargas, em Uberaba, e no qual não se aplica mais o controle químico no combate à mosca-dos-chifres.

R$12,00 R$9,60

2 em estoque

2 em estoque

Name Range Desconto
Desconto Especial até 30% 1 - 999 20 %
REF: Epamig-bo94 Categorias: ,

BOLETIM TÉCNICO Nº 94

Ano: 2010

ISSN: 0101-062X

EDITORA: EPAMIG

APRESENTAÇÃO: A ação da mosca-dos-chifres nos rebanhos bovinos brasileiros tem gerado uma série de prejuízos aos pecuaristas, em especial perda de peso dos animais, queda de 25% na produção de leite, depreciação do couro, pela reação da pele às picadas, além da redução de 15% na taxa de prenhez, crescimento debilitado e aumento de abortos.
Entre as medidas de controle dessa praga inclui o uso de produtos químicos, que, muitas vezes, onera os custos de produção, além de incorrer em riscos ao meio ambiente. Com o uso do controle biológico, associado ao combate às moscas-dos-chifres, pode-se reduzir a aplicação desses produtos para, no máximo, duas vezes ao ano, somente nas fases críticas, como o início e final do verão.
Esta edição do Boletim Técnico traz a experiência da EPAMIG na utilização do besouro africano, Digitonthophagus gazella, introduzido há 19 anos no rebanho Gir da Fazenda Experimental Getúlio Vargas, em Uberaba, e no qual não se aplica mais o controle químico no combate à mosca-dos-chifres.